Apresentamos proposta de regulamentação para o motofrete em São Paulo

Quando digo “a luta é incessante” eu não estou de brincadeira. Ontem (23) foi mais um exemplo disso. Ernesto Mascellani Neto, presidente do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran) e sua equipe receberam o Sindicato dos Motoboys de São Paulo (SindimotoSP) para debater as demandas da categoria. Tive a oportunidade de participar e apresentar os anseios do trabalhador, dentre eles a regulamentação do motofrete. Juntos, nós apresentamos uma proposta e pedimos o retorno de programas de capacitação para os Motoboys.

Ernesto e sua equipe apresentaram a reativação de ações, como o Curso 30 Horas Obrigatório do Contran (Conselho Nacional de Trânsito). O cronograma deve começar ainda em 2020 e irá até 2022. Deste modo haverá prazo suficiente para todos se profissionalizarem e ficarem regulamentados.

SOLICITAÇÕES PARA A CATEGORIA

O Sindicato realizou a entrega de um documento ao presidente. Nele, entre outros temas, solicitamos:

  • Linha de financiamento especial para Motofretistas pelo Banco do Povo Paulista com juros diferenciados para compra de motos zero padrão motofrete;
  • Equipamentos de segurança;
  • Regularização de documentos;
  • Inclusão dos bikers no crédito especial para poderem adquirir bikes e acessórios de proteção;
  • Redução de IPVA, assim como de outros impostos;
  • Implementação de campanhas de educação no trânsito voltadas para motociclistas no sentido de reduzir acidentes.
DESDOBRAMENTOS

A equipe do Detran sugeriu a criação de um Grupo de Trabalho (GT). Serão realizadas reuniões com frequência para dar seguimento aos debates. O GT terá a participação do Sindicato, diversas Secretarias, Autarquias e órgãos públicos. O documento entregue pelo SindimotoSP será analisado e será tema dos próximos encontros.

PARTICIPARAM
Ernesto Mascellani Neto (presidente DetranSP)
Neiva Aparecida Doretto (vice-presidente DetranSP)
Rosana Nespoli (Gerente Escola Pública de Trânsito)
Marco Telles (Gerente de Educação e Fiscalização do Trânsito)
Gilberto Pereira (Assessor Governo Estadual)
Gilberto Almeida Santos, o Gil (Presidente licenciado do SindimotoSP)
Rodrigo Silva (Diretor Relações Institucionais SindimotoSP)
Gerson Cunha (Presidente interino SindimotoSP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *