INFLUENZA | SindimotoSP solicita inclusão dos Motofretistas no grupo prioritário de imunização

Na última segunda, dia 12 de abril, iniciou a primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza (gripe). Prontamente já protocolamos ofício a fim de solicitar a inclusão dos Entregadores na agenda prioritária de imunização. Nossa categoria é essencial e isso ficou claramente visível em todo o País após a pandemia da Covid-19. Estamos na linha de frente no auxílio à população, empresas, etc.

Temos ciência da urgência da inclusão dos Entregadores, por isso enviamos ofício à Secretaria de Saúde de São Paulo para solicitar o ingresso dos Motofretistas no grupo prioritário da vacinação contra Influenza (gripe) . O Sindicato aguarda o posicionamento do Governo. Os trabalhadores estão expostos diariamente aos riscos de contaminação, além dos próprios perigos no trânsito, como também já relatamos, o número de acidentes envolvendo motoboys só aumentou desde o início da pandemia.

Nada mais correto que esta categoria que tanto tem feito pelo Brasil receba a devida valorização e seja incluída no grupo de prioridade para a imunização contra a gripe. Vale ressaltar que se os trabalhadores estiverem vacinados, em futuras eventualidades ou sintomas de gripe, esta possibilidade poderá ser descartada facilmente, e outras doenças como a própria Covid-19 podem ser diagnosticas de forma mais eficiente.

CONQUISTA EM 2020

Numa de suas maiores vitórias junto ao setor de Motofrete, o SindimotoSP conseguiu que um lote de quase 100 mil vacinas fosse liberado em abril de 2020 para os Motoboys da cidade de São Paulo. A reivindicação foi atendida pela Prefeitura de São Paulo e intermediado pela Secretaria Municipal da Saúde.

Com a conquista, os trabalhadores puderam ser imunizados. Sem essa intermediação do Sindicato, os motoboys somente poderiam ser vacinados meses depois, na etapa final da campanha promovida pelo Ministério da Saúde, no período mais crítico da pandemia ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *